Resultados da sua pesquisa

O Condomínio

Em 10 de novembro de 1976, é lavrado o TAC (Termo de Acordo e Compromisso) entre a Correia Ribeiro Participações e a Prefeitura Municipal de Lauro de Freitas sob a gestão do então prefeito Ismael Ornelas Farias. Mais tarde, em 07 de março de 1977, foi aprovado pelo Decreto Municipal 216/77. Foi a pedra fundamental para o início da implantação do Condomínio Parque Encontro das Águas.

Desmembrado da Fazenda Japara e Fazenda Portão, entre outras que deram origem aos grandes loteamentos de Lauro de Freitas, o Parque Encontro das Águas ou CPEA (sigla abreviada) é o maior condomínio da região com seus 324 hectares de área total. Suas obras foram concluídas em 1982. Suas características e preço, desde o início, o destacaram como empreendimento voltado aos segmentos sociais dotados de maior poder aquisitivo. Nas campanhas de divulgação e venda, que incluíam passeios de barco no Rio Joanes e de charrete pela área loteada, eram realçadas suas características “naturais”. Contemporâneo de Vilas do Atlântico (lançado pela Odebrecht em 1979) compartilhavam nos seus slogans a possibilidade da fuga dos problemas urbanos, dos engarrafamentos e necessidade de associação homem-natureza. Enquanto Vilas se destacava pela proximidade com a praia, o CPEA esbanjava sua exuberante natureza com áreas de Mata Atlântica intactas até os dias de hoje.

Condomínio Encontro das Águas

Para o atendimento da demanda solvável em Lauro de Freitas, houve tentativa ainda que não se possa generalizar do agente imobiliário de prover a infra-estrutura não contemplada pelo Estado, o que se observou nos Condomínio Parque Encontro das Águas e no Loteamento Vilas do Atlântico. De acordo com os moradores mais antigos, as dificuldades existentes nos primeiros anos desse loteamento não se sobrepunham às vantagens de ter uma casa (não necessariamente para morar) em um lugar classificado como aprazível e tranqüilo. Inclusive, valia à pena pagar caro para adquirir tais vantagens.

Composto inicialmente de 518 lotes, dois foram doados a prefeitura onde hoje funciona uma igreja e uma escola municipal. Seus 516 lotes atuais compõem uma área de 255 hectares. Com metragem e topografia variadas são distribuídos pelos 264 mil m2 de área de rua. Variam de 2.300 a 15.000m2.  As reservas de Mata Atlântica somam 230 mil m2 de fauna e flora quase que intocáveis. Destaca-se a predominância de animais silvestres como micos (Callithrix jacchus), cotias (Dasyprocta aguti), raposas, cobras de variadas espécies, iguana, camaleão; imensa variedade de pássaros como gavião, jandaias, bem-te-vis, canários, sabiás. O cultivo de árvores frutíferas nas residências é bem comum, com destaque para manga, jambo, jabuticaba, banana, jaca, cítricos, sapoti, pitanga, acerola, carambola entre outros.

Condomínio Encontro das águas

As barragens (lagoas) talvez sejam a parte mais especial do condomínio. De beleza indescritível e visuais deslumbrantes compõem o paraíso ecológico deste condomínio parque com variadas espécies de peixes. Os lotes que beiram as lagoas são bastante procurados especialmente pelos estrangeiros que aqui residem. Também há prática de stand up e outra atividade que envolva embarcação sem motor.

O clube é dos mais equipados. Possui 4 quadras de tênis tanto para os mais adeptos (há etapas de campeonato por aqui) quanto para os iniciantes que podem utilizar a escolinha de tênis com aulas durante a semana. Dois campos de futebol com encontros semanais de moradores e convidados para o famoso “baba”. Vôlei de areia e futevôlei  também são muito praticados na quadra além do basquete que também conta com seu espaço próprio. Uma equipada academia está disponível com instrutores qualificados, além do funcional e pilates. Há também outras atividades esportivas como hidroginástica, natação e boxe. São duas piscinas, uma para atividades aquáticas e outra social com área infantil. O clube ainda dispõe de restaurante, salão de festas, parque infantil, sala de jogos e aos sábados e domingos o tradicional acarajé para os fãs da culinária regional. Existem também os festejos de São João, a festa de réveillon, Caminhada da Primavera, bazar e outras atividades de integração para os condôminos e seus convidados.

As duas portarias, principal e de serviço, são equipadas com leitor biométrico para acesso de moradores, visitantes e prestadores de serviço. Para os moradores, além da biometria existe a tag no acesso exclusivo de veículos cadastrados. Circuito interno de vigilância com 160 câmeras espalhadas em todo perímetro do loteamento. Patrulha de moto e viaturas próprias com segurança armada. Há também a patrulha fluvial noturna a fim de preservar a segurança da divisa do condomínio.

Além da rede pública de água (EMBASA) a grande maioria dos lotes possuem poço artesiano que auxilia o abastecimento e a irrigação em períodos de pouca chuva.

Morar no Condomínio Encontro das Águas é viver em constante contato com a natureza. Talvez seja o único condomínio com essas características localizado em uma capital do país, afinal, está localizado a 5,5km do Aeroporto de Salvador, na região metropolitana. A experiência de viver aqui é única. Só quem viveu ou vai viver pode descrever o quanto é agradável poder estar a cinco minutos da cidade com a sensação de viver no campo. Sejam bem vindos!

Clique aqui para download da convenção e regimento do condomínio

Clique aqui para download do mapa do condomínio

 

 

 

 

 

  • Fale agora com o anunciante

    Rua Valeriano São Rodrigues, Cond. Encontro das Águas, LT3, QD F Lauro de Freitas, Bahia.

    (71) 99164-9764

    (71) 98827-8305

    [email protected]

    mjsimoveis

  • Envie uma mensagem

  • Pesquisar

    R$ 0 a R$ 7.000.000

  • Categorias

Compare Anúncios

error: Alert: Conteúdo protegido !!